A PARÓQUIA

No concelho de Lousada, a Igreja de Santa Maria de Meinedo apresenta um programa arquitectónico muito preso às resistências do românico rural, o que atesta quanto este modo de construir foi, no Norte do país, muito estimado até épocas tardias. Apesar desta datação tardia, o prestígio da Igreja é muito grande, uma vez que Meinedo foi sede de um bispado no século VI, acusando a fundura das raízes desta paróquia.
O Bispo de Meinedo, Viator, esteve presente no II Concílio de Braga, realizado em 572 e presidido por São Martinho de Dume. A basílica terá passado, pouco depois, a igreja paroquial como indica a sua referência no Parochiale suevicum, documento que regista o número de paróquias pertencentes a cada diocese, e cuja elaboração decorreu da organização paroquial, impulsionada por São Martinho.
Consagrada em 1262, a Igreja Matriz de Meinedo é dedicada a Santa Maria desde a sua fundação, integrando actualmente a Rota do Românico do Vale do Sousa. Segundo a tradição, este edifício românico substituiu outro templo, fundado antes da ocupação árabe da península, onde teriam sido depositadas as relíquias de Santo Tirso.
A padroeira é Nossa Senhora das Neves. Das Neves porquê? Diz o povo que um dia daqueles de muito calor, em pleno Agosto, já ninguém respirava. E era ver como até o gado se deitava exausto a uma qualquer sombra. Pois quando tudo abafava como em forno de cozer o pão, de repente começou a nevar. Ninguém tem dúvidas de que uma vez mais Nossa Senhora acudiu aos seus. Por isso a veneram como Nossa Senhora das Neves.

HORÁRIOS

GALERIA

Sede sempre alegres. Orai sem cessar. Em tudo dai graças. 1 Ts 5, 16-18a
Porque se pela ofensa de um só, a morte reinou por esse, muito mais, os que recebem a abundância da graça, e do dom da justiça, reinarão em vida por um só — Jesus Cristo. Romanos 5:17
A caridade é sofredora; é benigna; a caridade não é invejosa; a caridade não trata com leviandade; não se ensoberbece. Coríntios 13:4